Nada de pontos. Essas dez multas suspendem sua CNH na hora

0

Há multas que suspendem a CNH de imediato, ainda que não haja nenhum ponto acumulado em seu prontuário. Basta uma delas – passar a 64 km/h em uma lombada eletrônica com velocidade permitida de 40 km/h, por exemplo – para perder sua habilitação.

Isso ocorre porque o motorista excedeu em mais de 50% a velocidade máxima, o que implica em uma infração gravíssima, ao custo de R$ 880,41. E trata-se de uma multa autossuspensiva, com prazo de até oito meses sem poder dirigir.

Lembrando que existe uma margem de erro de cerca de 7 km/h para menos. Portanto, o radar registra sempre uma velocidade inferior do que a apontada no velocímetro.

O representante comercial Ivan Quevedo, 48 anos, soube desse tipo de infração da pior maneira. “Chegou a minha casa uma carta do Detran informando que foi aberto um processo para suspender a minha CNH, pois havia levado uma multa gravissíma de velocidade”, conta Quevedo.

Ele passou a 92 km/h em um radar de 60 km/h na BR-116, no trecho que liga Pelotas (RS) a Camacuã (RS).

Vale o alerta de que não são todas as multas gravíssimas que suspendem a CNH. Apenas as listadas abaixo são autossuspensivas.

Multas suspensivas

Dirigir sob efeito de álcool
• Dirigir em velocidade acima de 50% do limite permitido
• Dirigir ameaçando pedestres
• Desrespeitar bloqueio policial
• Realizar ultrapassagem perigosa na contramão
• Realizar manobras perigosas
• Disputar competição esportiva em via pública sem autorização
• Estimular racha
• Deixar de prestar socorro à vítima de acidente de trânsito
• Recusar o teste do bafômetro

Fonte: QR

 

Compartilhe.

Comments are closed.